O enquadramento desta situação como monozona está dependente, por exemplo, das condições de circulação do ar entre o espaço de refeições e a cozinha.

Assim, caso se verifique a possibilidade ou existência de circulação de ar transitado entre o espaço de refeições e a cozinha, poder-se-á considerar, para efeito de avaliação do desempenho energético, que as condições de temperatura interior entre os dois espaços é semelhante. Caso não se verifiquem as condições atrás referidas, estes dois espaços não poderão ser analisados como uma monozona, dada a independência e diferença de condições de temperatura interior existentes.

Close Menu