A atuação do TIM num edifício de comércio e serviços é diferenciada pela potência térmica nominal de climatização, de acordo com exposto no nº 1 do artigo 3º da Lei n.º 58/2013.

Pela classificação enunciada na referida disposição legal, um TIM II (Cf. artigo 3º da Lei n.º 58/2013) só pode atuar nos edifícios cujos sistemas técnicos de climatização tenham uma potência térmica nominal instalada até 100 kW inclusive, sendo que um TIM III pode atuar em qualquer edifício, independentemente da potência térmica nominal instalada para climatização.

Close Menu