A potência de iluminação deve ser determinada pelo levantamento dos sistemas fazendo a respetiva medição elétrica em cada ponto de luz de diferente caracterização, ou, se tal não for possível, fazendo o cálculo com base na potência registada nas próprias lâmpadas somada à potência de perdas das unidades elétricas contidas numa luminária

No caso de lâmpadas do tipo fluorescente e quando não for possível a verificação por medição elétrica, na falta de informação específica sobre o desempenho/classe dos balastros, podem-se considerar valores para o conjunto “lâmpada + balastro” de:

  1. Balastros Eletromagnéticos (também conhecidos por Ferromagnéticos ou Convencionais) : +30% que a potência da lâmpada;
  2. Balastros Eletrónicos: +10% que a potência da lâmpada.

Para outro tipo de lâmpadas deve efetuar-se a respetiva medição elétrica.

Close Menu