De acordo com a Tabela I.01 da Portaria nº 349-D/2013, o consumo de energia dos elevadores, até 31 de dezembro de 2015, deve ser contabilizado na componente IEET – consumos de energia não considerados para efeitos de cálculo da classificação energética do edifício, não tendo influência na mesma. Após 1 de janeiro de 2016, o consumo de energia dos elevadores passa a ser considerado na componente IEES – consumos de energia que entram diretamente para o cálculo da classificação energética do edifício.

A partir de 1 de janeiro de 2016, será igualmente obrigatória a afixação da etiqueta energética do elevador, a qual apresentará, por princípio, o consumo de energia deste. Até esta data, o consumo de energia do elevador deverá ser determinado por auditoria ao mesmo, decorrente da aplicação da metodologia prevista na VDI 4707.

Close Menu