O fator solar deve ser determinado através da aplicação da equação do nº 6 da Secção 7  do Despacho n.º 15793-K/2013, com as suas retificações, permitindo desta forma corrigir o valor retirado da Tabela 13 do mesmo nº 7, relativo ao fator solar de vãos envidraçados com vidro corrente e dispositivos de proteção solar gTvc.

Exemplo:
Uma janela constituída por um vidro duplo de baixa emissividade constituído por vidro duplo de lâmina exterior de 6 mm com película + câmara de gás de 16 mm + lâmina interior de 5 mm, com um fator solar de 0,38, tendo uma proteção exterior de estore veneziano de lâminas metálicas.

O fator solar do vão envidraçado deve ser determinado usando a seguinte expressão:

Assim, gT = 0,38 *(0,09/0,75) = 0,05

 

Close Menu