De acordo com a norma ISO 10077-1, o cálculo do coeficiente de transmissão térmica de uma janela dupla pode ser feito de acordo com a seguinte expressão:

cálculo do coeficiente de transmissão térmica de uma janela dupla

Em que:

Uw é o coeficiente de transmissão térmica da janela dupla sem dispositivo de proteção solar / oclusão nocturna na caixa-de-ar;
Uwi é o coeficiente de transmissão térmica do vão envidraçado interior;
Rs é a resistência térmica da caixa-de-ar;
Uwe – Coeficiente de transmissão térmica do vão envidraçado exterior;
Rse – Resistência térmica superficial exterior;
Rsi – Resistência térmica superficial interior;

Caso existam dispositivos de protecção solar/oclusão nocturna, o coeficiente a considerar no cálculo da transmissão térmica deve ser o médio dia-noite (Uwdn) corresponde à média dos coeficientes de transmissão térmica de um vão envidraçado com a proteção aberta metade do dia e fechada durante o resto do dia (ver P&R K4) em que adicionalmente se deve considerar a resistência térmica concedida por esse dispositivo ΔR.

Exemplo 1 (determinação de Uwdn):

Considere-se uma caixilharia dupla, com:

  • Uma janela interior constituída por um vão envidraçado composto por caixilharia metálica sem corte térmico, com um sistema de abertura de correr e vidro simples;
  • Uma janela exterior constituída por um vão envidraçado composto por caixilharia de PVC e vidro duplo com uma espessura de lâmina de ar de 16mm;
  • Um sistema de proteção solar/oclusão nocturna composto por uma persiana de réguas plásticas sem enchimento de espuma, entre as duas caixilharias;
  • O espaço de caixa-de-ar existente entre as duas caixilharias é de 15cm.

Os dados obtidos relativos ao desempenho das janelas e outros parâmetros são os seguintes:

  • Uwi=6,5 W/(m2.°C), obtido a partir do ITE50 Anexo III – Quadro III.2;
  • Uwe=2,7 W/(m2.°C) , obtido a partir do relatório de ensaio fornecido pelo fabricante da janela;
  • Resistência térmica da caixa-de-ar (15cm), Rs=0.18 m2.°C/W.

O valor de Uw resultará em:



Considerando o contributo do sistema de proteção solar/ oclusão noturna de ΔR=0.12 m2.°C/W (ver P&R K4), o valor de Un será:


O valor de Uwdn será de:

 

Relativamente à determinação dos fatores solares do vão envidraçado duplo, esta deverá ser feita considerando que a janela exterior se comporta como uma proteção exterior adicional relativamente ao conjunto janela interior + dispositivo de proteção.

Exemplo 2 (determinação de fatores solares):

Considere-se uma caixilharia dupla, em que janela interior dispõe de um vidro simples incolor, a janela exterior com vidro duplo incolor e em que existe uma persiana de réguas plásticas de cor clara entre as janelas (caixa-de-ar).

Para a janela interior obtém-se:

  • g⊥,vi = 0,85 (tabela 12 do Despacho nº 15793-K/2013, com as suas retificações);
  • gi = 0,85 x Fw,i (0,90) = 0,765;
  • gTvc = 0,07 (tabela 13 do Despacho nº 15793-K/2013, com as suas retificações, considerando a persiana como uma proteção exterior),

Para o conjunto das duas janelas:

Na situação de “inverno” dever-se-á afetar o conjunto dos vãos pelo fator de selectividade angular (e não só o vão interior em vidro simples).
Considerando que a janela exterior irá conferir um fator solar adicional de 0,75 (g⊥,vi) e que Fw,i=0,90, obtém-se, para o conjunto formado pelas duas janelas (ver nº 2 da Subsecção 7.1, do Despacho nº 15793-K/2013, com as suas retificações).

  • g⊥,vi = 0,85 x 0,75 = 0,64;
  • gi = 0,85 x 0,75 x Fw,i = 0,57;

Na situação de “verão”:

O factor solar verão considera a ponderação do factor solar do vão na parte de tempo em que os dispositivos móveis estão activados (durante a qual se consideram todos os dispositivos moveis e permanentes activados) e o factor solar na parte do tempo em que os dispositivos móveis estão desactivados (durante a qual se consideram apenas os dispositivos permanentes activados, caso existam). Como neste caso não existem dispositivos permanentes, gTp corresponderá a Fw,v g⊥,vi a correcção da selectividade angular deverá ser feita para o vidro exterior (ver Subsecção 7.2, do Despacho nº 15793-K/2013, com as suas retificações).

gv = Fmv.(0,07 x 0,75) + (1-Fmv) x (0,85 x 0,75 x Fw,vDuplo)

Fração de tempo em que os dispositivos móveis se encontram ativados, Fmv.

Orientação do vão N NE/NW S SE/SW E/W H
Fmv 0 0,4 0,6 0,7 0,6 0,9

Fator de correção da seletividade angular dos envidraçados na estação de arrefecimento,Fw,v

Fw,v
Orientação do vão N NE/NW S SE/SW E/W
Vidro plano simples 0,85 0,90 0,80 0,90 0,90
Vidro plano duplo 0,80 0,85 0,75 0,85 0,85

Nota: Quando existem dispositivos de sombreamento não se faz qualquer correção da seletividade angular dos envidraçados.

Close Menu