Nos casos em que não exista informação sobre o uso efetivo para o espaço, terá que ser considerada uma determinada tipologia por defeito, a saber, “Loja (por defeito)” relativo a edifícios de comércio, ou “Escritórios (por defeito)” relativo a edifícios de serviços.

No que respeita à informação a utilizar para efeitos de avaliação do desempenho energético, o PQ deve basear-se na informação que recolhe no local. Caso não seja possível obter alguma dessa informação, em especial no que respeita a densidades e perfis de ocupação, equipamentos e iluminação previsíveis para a respetiva tipologia da fração/edifício, pode o PQ assumir uma das seguintes tipologias:

  1. “Loja (por defeito)”:
    1. Densidade de ocupação: 5m2/ocupante;
    2. Densidade de potência de iluminação: 4W/m2/100 lx;
    3. Iluminância: 300 lx
    4. Densidade de equipamentos: 5W/m2;
    5. Perfis apresentados na seguinte tabela:

Tabela loja

 

  1. “Escritórios (por defeito)”:
    1. Densidade de ocupação: 15m2/ocupante;
    2. Densidade de potência de iluminação: 2,8 W/m2/100 lx;
    3. Iluminância: 500 lx;
    4. Densidade de equipamentos: 15W/m2;
    5. Perfis apresentados na tabela seguinte:

Tabela Escritórios

Sempre que aplicável os valores acima indicados devem ser utilizados tanto na determinação do IEEref como na determinação do IEEpr.

Close Menu